fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px
  • Banner Agora no Vale 728x90px

Movimento pela reconstrução da ERS-431 e Ponte de Santa Bárbara ganha apoio


Por Redação / Agora no Vale Publicado 07/07/2024
Ouvir: 00:00
  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px
ponte santa barbara-agoranovale
Foto Vinícius Glanert/Divulgação

Um movimento popular está ganhando força em prol da reconstrução e preservação da ERS-431 e da ponte de Santa Bárbara, cruciais para a ligação entre Bento Gonçalves e Dois Lajeados, via Santa Tereza e São Valentim do Sul. Esta rodovia desempenha um papel vital no escoamento de produtos agrícolas, metalmecânicos e moveleiros, com um tráfego diário estimado em 2,5 mil veículos.

O grupo “Juntos pela Reconstrução da ERS-431 e da Ponte de Santa Bárbara” (@juntospelars431pontestabarbara) já conta com mais de 1.800 seguidores no Instagram e 730 membros em um grupo de WhatsApp. A página compartilha atualizações sobre a situação da rodovia e da ponte, além de depoimentos impactantes de moradores afetados pelos recentes desastres naturais, como chuvas intensas e enchentes, que resultaram em deslizamentos e na destruição da ponte que conecta Bento Gonçalves a São Valentim do Sul.

Iniciado há aproximadamente um mês, o movimento é liderado por 16 pessoas, incluindo empresários dos municípios envolvidos. O objetivo principal é criar uma associação que pressione as autoridades públicas a realizarem as melhorias e manutenções necessárias na ERS-431 ao longo dos anos, visando a segurança e a eficiência do transporte na região.

Licitação para a nova ponte

No dia 2 de maio, foi publicado o edital de licitação por pregão eletrônico para a construção de uma nova ponte sobre o rio Taquari na ERS-431. Está prevista a abertura das propostas das empresas interessadas até o dia 26 de julho. O projeto, com investimento de R$ 23 milhões do governo federal, visa substituir a estrutura danificada e melhorar a conectividade da região afetada.

Após a análise dos documentos de habilitação das empresas concorrentes e um período para possíveis recursos, espera-se que a empresa vencedora seja homologada sem impedimentos, dando início ao processo de assinatura do contrato. A previsão é que a ordem de serviço para o início das obras, incluindo os projetos básico e executivo, seja emitida já em meados de agosto.

O movimento segue mobilizado, buscando garantir que as demandas da comunidade local sejam atendidas de forma eficiente, promovendo o desenvolvimento regional e a segurança viária necessária para todos os usuários da ERS-431.

Fonte Leouve