fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Agora no Vale 728x90px
  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px

EGR avança etapas na construção da nova ponte sobre o Rio Forqueta

As equipes executam sondagens do solo para a definição da estrutura da ponte


Por Redação Publicado 21/06/2024
Ouvir: 00:00
  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px
Ponte Forqueta EGR trabalho – agoranovale-lajeado

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) avançou em mais uma etapa na construção da nova ponte sobre o Rio Forqueta, na ERS-130, entre Arroio do Meio e Lajeado. A estrutura antiga foi destruída pelas enchentes que atingiram o estado.

As equipes realizam sondagens do perfil de solo no leito da rodovia, tanto da borda das margens quanto do leito do rio. Essa etapa é fundamental para a definição da estrutura da ponte, pois permitirá a coleta de amostras de solo e perfil geológico do leito do rio, definindo o tipo de fundação e seu dimensionamento.

De acordo com o diretor-presidente da EGR, Luís Fernando Vanacôr, a empresa iniciou os estudos no dia 5 de junho e agora está perto de iniciar a produção das peças pré-moldadas e a preparação das fundações. “Para isso, a análise do local, os levantamentos técnicos e a definição dos próximos passos são cruciais para assegurar a qualidade e segurança da nova infraestrutura. Com essas informações, a EGR poderá definir todas as partes que compõem a ponte, incluindo as peças pré-moldadas, antes de iniciar a fabricação e a construção das fundações”, detalhou.

A nova ponte terá 150 metros de extensão e altura superior à que foi destruída pela força da correnteza para garantir mais segurança em futuros eventos meteorológicos. O dispositivo contará com duas faixas no pavimento principal e espaço dedicado à passagem de pedestres e ciclistas. O custo está estimado em R$ 14,05 milhões, e a previsão de conclusão é de seis meses. A obra será financiada com recursos próprios, provenientes da praça de pedágio da EGR.

A ação integra o Plano Rio Grande, programa de reconstrução, adaptação e resiliência climática do Estado que visa planejar, coordenar e executar ações para enfrentar as consequências sociais, econômicas e ambientais da enchente histórica.

——————————————–

Texto: Ascom EGR
Foto: Raphael Nunes/Ascom EGR