fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

EGR atua em rodovias do Vale afetadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul

Mais de 25 trechos foram impactados com quedas de barreira, rompimento de pista e queda de ponte


Por Redação Publicado 16/05/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP
ERS-235 Nova Petrópolis – Jonas Limberger PMNP – agoranovale-lajeado

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) está atuando nas rodovias prejudicadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul, onde mais de 25 trechos em 17 rodovias foram impactados por quedas de barreira, rompimento de pista e desabamento de ponte.

Na ERS-235, a EGR iniciou nesta semana as obras de reconstrução de parte da base da pista que foi danificada pelas chuvas. O trecho está localizado no quilômetro cinco, nas proximidades do pórtico de Nova Petrópolis. A rodovia permanece com trânsito em meia pista, sem previsão de fechamento total durante as obras.

Atualmente, dois trechos ainda permanecem totalmente bloqueados. Na ERS-130, no quilômetro 75, a ponte sobre o Rio Forqueta desmoronou. A EGR está em fase final de preparação para publicar uma licitação visando a reconstrução da ponte, com previsão de entrega em torno de seis meses.

No km 88 da ERS-129, em Muçum, onde 100 metros da pista desmoronaram, a EGR também está se preparando para licitar a reconstrução do trecho viário danificado. Enquanto isso, a empresa se prontificou a pavimentar os três quilômetros da estrada vicinal que está sendo utilizada como desvio alternativo para melhor atender o trânsito de veículos emergenciais e a população que se desloca entre Muçum, Vespasiano Corrêa, Dois Lajeados e Guaporé.

Outra rodovia que necessita de obras estruturantes é a ERS-115. No quilômetro 25, em Três Coroas, ocorreu a ruptura do pavimento nesse trecho. Apesar do dano, o fluxo está fluindo no sistema pare e siga, assegurando a fluidez de tráfego necessária nesse trecho.

De acordo com o diretor-presidente da EGR, Luís Fernando Vanacôr, a atuação da empresa em mais de 25 pontos destaca o compromisso em restaurar e fortalecer a infraestrutura viária, garantindo a mobilidade e segurança dos usuários diante das adversidades decorrentes das intempéries. “A EGR não está medindo esforços para restaurar esses importantes segmentos que têm papel crucial para os serviços emergenciais que estão sendo realizados e, também, conectar as comunidades das regiões atingidas”, afirmou Vanacôr.

Trechos que sofreram intervenções por queda de barreira e outras causas:

RSC-453, Entre Garibaldi e Estrela

– Queda de barreira no km 57, em Westfália.

– Queda de barreira no km 67, em Westfália.

– Queda de barreira no km 69, em Westfália. 

– Queda de barreira no km 70, em Boa Vista do Sul. 

– Queda de barreira no 75 km, em Boa Vista do Sul.

– Queda de barreira no 86 km, em Boa Vista do Sul.

ERS-129, entre Encantado e Guaporé

– Queda de barreira no km 78, em Encantado.

– Rompimento da pista no km 88, em Muçum.

– Queda de barreira no km 96, entre Vespasiano Corrêa e Dois Lajeados.

ERS-130, entre Lajeado e Encantado

– Queda de ponte sobre o Rio Forqueta no km 75, entre Lajeado e Arroio do Meio.

– Queda de barreira no km 88, em Arroio do Meio.

– Queda de barreira no km 94, em Arroio do Meio.

ERS-115, entre Gramado e Taquara

– Ruptura do pavimento no km 25, em Três Coroas (tráfego no sistema pare e siga).

– Queda de barreira no km 23, em Três Coroas.

– Queda de barreira no km 28, em Gramado.

– Queda de barreira no km 29, em Gramado.

– Queda de barreira no km 30, em Gramado.

– Queda de barreira no km 35, em Gramado.

ERS-235, entre Nova Petrópolis e Canela

– Queda de barreira no km 05, em Nova Petrópolis (tráfego com controle de fluxo em razão de obras da EGR). 

– Queda de barreira no km 16, em Nova Petrópolis. 

– Queda de barreira no km 26, em Gramado. 

– Queda de barreira no km 35, em Gramado.

– Ruptura da saia do terreno no km 51, em Canela. 

ERS-020, entre Três Coroas e São Francisco de Paula

– Queda de barreira no km 80, em São Francisco de Paula.

– Queda de barreira no km 87, em São Francisco de Paula.

Para mais informações e solicitação de entrevistas, contatar com a assessoria de comunicação da EGR por meio do fone (51) 997015018.


Fonte: EGR / foto: Jonas Limberger PMNP #agoranovale

SONORA: Diretor-presidente da EGR Luís Fernando Vanacôr