fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Agora no Vale 728x90px Programa Fazer Juntos

Semana começa com alerta de chuva; temporal pode causar estragos entre quarta e quinta


Por Redação / Agora no Vale Publicado 18/03/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Aniversário-28-anosDESK
Tempo_agora_no_vale

O Rio Grande do Sul inicia a semana com alerta laranja por conta de chuva. O aviso é do Instituto Nacional de Meteorologia. Conforme a Metsul Meteorologia, há uma significativa mudança climática prevista para o meio desta semana, exigindo atenção especial. Nesta segunda e terça há previsão de chuva em todo o Vale do Taquari, mas sem grandes volumes.

O pior está previsto para ocorrer entre quarta-feira e quinta-feira devido à chegada de uma frente fria. A massa de ar quente e úmido permanecerá sobre o estado até quarta-feira, com sol, nuvens, calor e abafamento, e a ocorrência de pancadas de chuva isoladas, típicas de verão, ocasionalmente intensas em algumas áreas.

Na quarta-feira, devido a uma condição pré-frontal e ao ingresso de ar mais quente do Norte, o tempo ficará mais aberto na maioria das áreas, e o calor será muito intenso, com temperaturas máximas próximas ou até mesmo superando os 40ºC em algumas cidades.

Entretanto, o que causa preocupação é a chegada de uma frente fria que encontrará essa massa de ar quente, úmida e instável, resultando em uma grande mudança climática. Prevê-se que a frente atinja o Sul gaúcho já no final da quarta-feira e atravesse o estado entre a madrugada e a manhã de quinta-feira. Os modelos meteorológicos projetam um sistema bastante intenso, com volumes muito elevados de chuva em um curto período, abrangendo praticamente todo o estado, além de um risco considerável de tempestades, com rajadas de vento forte, que podem ocasionar vendavais e danos em diversas localidades.

A mudança climática no meio desta semana representa uma situação meteorológica perigosa, com potencial para causar grandes impactos, como danos, interrupção no fornecimento de energia elétrica e alagamentos em várias cidades gaúchas.

Este é considerado o período de maior risco meteorológico no Rio Grande do Sul desde 16 de janeiro, embora seja importante ressaltar que cada evento é único. Por isso, é fundamental ficar atento ao site da MetSul Meteorologia e às nossas redes sociais nos próximos dias para se manter atualizado sobre a situação de risco elevado entre quarta-feira e quinta-feira.