O governador Eduardo Leite visitou, neste sábado, 29, acessos municipais com obras em andamento e que foram concluídos na atual gestão. Pela manhã, esteve em Coqueiro Baixo e, à tarde, nos municípios de Sério e Boqueirão do Leão, a fim de vistoriar dois acessos municipais na ERS-421. A ligação asfáltica entre os municípios de Sério e Boqueirão do Leão teve início em 1998.

O acesso municipal a Boqueirão do Leão já está pronto. O investimento previsto no contrato foi de R$ 13,7 milhões, dos quais R$ 8,5 milhões foram investidos no atual governo.

A obra consistiu na pavimentação asfáltica dos 14 quilômetros de acesso ao município, na ERS-421, da saída de Sério até o entroncamento com a ERS-422, somando-se aos sete quilômetros da ERS-422. Assim, estão completos os 21 quilômetros do acesso de Sério a Boqueirão do Leão.

Boqueirão do Leão aposta no turismo, principalmente vinculado às belezas naturais da região, como as cascatas da Colônia Jardim e do Gamelão. Como atividade econômica, se destaca a produção de fumo – foram colhidas 6,6 toneladas em 2019.

O acesso municipal a Sério, de 22 quilômetros, também já foi concluído. Restam ainda alguns ajustes de drenagem e sinalização vertical. O valor previsto em contrato era de R$ 12,1 milhões, dos quais R$ 9,1 milhões foram investidos no atual governo.

A ERS-422 cruza Boqueirão do Leão no sentido sudeste-nordeste, de Venâncio Aires a Soledade. A ERS-421 conecta Sério a Forquetinha e, a partir daí, à BR-386 e Lajeado.

“Fico muito feliz ao ver os impactos positivos que esta ligação asfáltica tem para os municípios. Pude ouvir relatos sobre o impacto que esta obra tem na vida das pessoas, encurtando o tempo de deslocamento, dando mais conforto e segurança. O deslocamento entre Sério e Lajeado antes levava cerca de uma hora e 20 e, agora, pode ser feito em 40 minutos”, disse.

 Fotos: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

Segundo Leite, os acessos ajudarão a fixar as pessoas nos municípios e irá promover investimentos no setor produtivo, em uma região que tem grande produção avícola. “Isso significa desenvolvimento, além de acesso a serviços de saúde, dando maior conforto e segurança aos moradores”, afirmou o governador, acompanhado dos secretários Juvir Costella (Logística e Transportes) e Edson Brum (Desenvolvimento Econômico).

Em Sério, a agricultura familiar é a atividade econômica de destaque, especialmente as culturas de avicultura, fumicultura, suinocultura e exploração leiteira. O turismo de aventura tem se expandido, assim como a promoção de trilhas ecológicas, nas quais os turistas podem conhecer morros, encostas, cascatas, grutas e paredões.

Coqueiro Baixo

Pavimentação da ERS-425, no município de Sério

Pela manhã, o governador e os secretários Costella e Brum estiveram em Coqueiro Baixo para vistoriar a obra de pavimentação em andamento no trecho Nova Bréscia–Coqueiro Baixo da ERS-425.

Nestes quase dois anos e meio, o governo do Estado já investiu cerca de R$ 100 milhões na pavimentação de acessos municipais. Os recursos são do Tesouro do Estado, de financiamento do BNDES e da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide). A expectativa é de reduzir em 40% o número de cidades sem acesso asfáltico até o fim de 2022.

Nos próximos dias, o governo do Estado fará um anúncio relacionado a investimentos em obras de infraestrutura viária em diversos municípios gaúchos.