fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

Secretaria de Saúde recolhe material médico veterinário descartado irregularmente


Por Redação / Agora no Vale Publicado 21/01/2019
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Após receber uma denúncia do descarte irregular de produtos perfuro-cortantes, contaminantes e medicamentos, a Secretaria de Saúde de Bom Retiro do Sul fez o recolhimento do material na manhã desta sexta-feira, 18

Após receber uma denúncia do descarte irregular de produtos perfuro-cortantes, contaminantes e medicamentos, a Secretaria de Saúde de Bom Retiro do Sul fez o recolhimento do material na manhã desta sexta-feira, 18.

O material foi descartado ao lado da rodovia RS-129, próximo ao acesso principal da Barragem Eclusa. O material descartado irregularmente foi recolhido pelo Secretário Paulo Marmitt. Foram recolhidos embalagens de medicamentos veterinários, seringas, luvas, frascos e gazes.

Conforme Paulo Marmitt, o material recolhido será entregue a empresa responsável pela coleta deste tipo de resíduo no município. “Pedimos a atenção da população que utilizam estes medicamentos para que não façam o descarte no meio ambiente. O material residual como o que foi encontrado precisa ser descartado corretamente no estabelecimento onde foi adquirido, para que não polua o meio ambiente”, alertou.

O secretário destacou ainda que este tipo de descarte irregular pode colocar em risco a saúde da população. “Qualquer criança ou pessoa poderia ter contato com estes materiais, causando-lhes algum tipo de contaminação ou doença. Caso alguma pessoa seja flagrada cometendo este tipo de atitude, ela será multada e poderá responder criminalmente por infração ambiental”, destacou Paulo.

O secretário ressaltou ainda que este foi um caso isolado, mas que irá trabalhar para tentar identificar o responsável pelo descarte irregular. Ele destacou ainda que município mantém um contrato com uma empresa especializada para o descarte correto dos materiais utilizados nas Unidades de Saúde do Município, de acordo com as normas da Vigilância Sanitária.