fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Morre o comerciante Hilário Colombo, da Calçados Colombo


Por Redação / Agora no Vale Publicado 22/05/2018
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP

O Vale do Taquari perdeu na madrugada desta terça-feira (22) Hilário Colombo, um dos mais reconhecidos comerciantes de Lajeado.

O Vale do Taquari perdeu na madrugada desta terça-feira, dia 22, Hilário Colombo, um dos mais reconhecidos comerciantes de Lajeado. Aos 90 anos, faleceu em casa, de causas naturais.

Hilário Colombo ajudou a criar, em 1975, a empresa que levava o sobrenome da família. Natural de Picada Serra, interior de Marques de Souza, na época era sócio de uma fábrica calçadista na cidade de Santa Clara do Sul, e produzia calçados para a empresa de um dos filhos, Euclides, então à frente da Calçados Colombo.

Em 1977, Euclides deixou a empresa nas mãos do pai. Hilário reestruturou o negócio e o tornou conhecido. Durante mais de quatro décadas, a Calçados Colombo foi referência no varejo de calçados multimarcas na região, chegando a contar com cinco lojas.

A primeira foi instalada no número 1.073 da Rua Julio de Castilhos, tradicional ponto no Centro de Lajeado, e funcionou até março, quando assumiu a identidade de Lojas Calci. A franquia, que hoje é a maior do ramo na região Sul do país, tem como sócio-diretor Nilton Colombo, também filho de Hilário.

Colombo foi casado com Maria Santina, já falecida, com quem teve oito filhos. Jogador de bocha, frequentava a Societá Taliana Tutti Fratelli, tradicional clube social de descendentes de italianos da região.

O velório do corpo de Hilário Colombo ocorre na capela B do Memorial Jardim da Montanha, em Lajeado. O sepultamento será às 16h desta terça-feira, dia 22, no Cemitério Católico de Lajeado.