fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Agora no Vale 728x90px
  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px

Governo de Estrela repassa incentivos e premia produtores culturais contemplados pela Lei Paulo Gustavo

Recursos somam R$ 317 mil vindos do Governo Federal para esta finalidade.


Por Redação Publicado 27/06/2024
Ouvir: 00:00
  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px
Lei Paulo Gustavo Estrela contemplados – agoranovale-lajeado (2)

O Governo de Estrela, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer (Setcel), realizou, nesta quinta-feira, dia 27/06, a solenidade de assinatura dos termos de execução cultural para o repasse de recursos e premiação de reconhecimento da trajetória cultural de fazedores de cultura do município, contemplados via Lei Emergencial Paulo Gustavo. O evento ocorreu na Setcel – Casa de Cultura.

Ao todo, 30 projetos de audiovisual e/ou produtores e entidades com histórico na cultura de Estrela foram contemplados com os recursos, que juntos somam R$ 317 mil em recursos vindos do Governo Federal para esta finalidade.

Para o prefeito de Estrela, Elmar Schneider, o repasse destes recursos é muito mais do que o incentivo à produção cultural, mas sim, o reconhecimento pelo esforço de produtores, agentes e artistas em manter o segmento vivo no município. “É com grande alegria que nós entregamos estes valores e prêmios para produtores, artistas e entidades contempladas. É o reconhecimento de uma trajetória dedicada à produção cultural, assim como a continuidade de uma tradição em que em nossa Estrela é muito forte”, reconhece o chefe do Executivo.

Lei Paulo Gustavo Estrela contemplados – agoranovale-lajeado (1)

De acordo com o secretário Joel Mallmann, o ato que ocorreu nesta quinta-feira foi dividido em dois momentos. Parte dos produtores contemplados inscreveram projetos na Lei Emergencial Paulo Gustavo (Lei Complementar nº 195/2022), do Ministério da Cultura, para produção de audiovisuais, cinemas itinerantes e clubes de cinema e para a capacitação de produtores nesta área. “Dentro da audiência pública, realizada em Estrela, foi definido que o edital lançado pela Setcel contemplaria produção de curtas-metragens, vídeoclipes e fomento ao cinema itinerante”, explica.

A outra parte do valor, para as demais áreas da cultura, foi dividida e repassada igualmente para 20 produtores ou entidades que têm em seu DNA a cultura de Estrela. “Foi criado o prêmio Trajetória Cultural de Estrela, para destacar entidades e pessoas que têm sua trajetória reconhecida na cultura reconhecida pela comunidade estrelense (veja lista). Esta também foi uma decisão da audiência pública”, pondera o titular da Setcel.

Produtores contemplados com projetos

  • Airton Engster dos Santos – Categoria Cinema Itinerante;
  • Adriana da Silva Santos – Categoria Cinema Itinerante;
  • Conrado Schwambach – Categoria Curta Metragem;
  • Carlos Soares – Categoria Curta Metragem;
  • Natalício Gomes de Amorim – Categoria Curta Metragem;
  • Conrado Schwambach – Categoria Videoclipe;
  • Sociedade Evangélica Educacional de Estrela (Colégio Martin Luther) – Categoria Videoclipe;
  • Fernando Klafki – Categoria Videoclipe;
  • José Roberto da Rosa – Categoria Videoclipe;
  • José Roberto da Rosa – Categoria Videoclipe.

Prêmio Trajetória Cultural de Estrela

  • Sociedade Evangélica Educacional de Estrela (Colégio Martin Luther);
  • Augusto da Rosa Moreira;
  • Sabrina Martins Costa;
  • Fernando Klafki;
  • José Roberto da Rosa;
  • Conrado Schwambach;
  • Alexandre Luis Deicke;
  • Francine Tais de Lima;
  • Natalício Gomes de Amorim;
  • Charles João Gregory;
  • Joe Junior Nunes dos Reis;
  • CTG Raça Gaudéria;
  • Douglas Rafael de Souza Nicolay;
  • Adriana Haydee Maldonado;
  • Pedro Silveira Horn;
  • José Roberto da Rosa;
  • Tais Mello dos Santos Maia;
  • Aline Horn;
  • Dolores Nair Mussnich;
  • Caroline Pereira Reis.

Sobre a Lei Paulo Gustavo

A Lei Paulo Gustavo é uma lei emergencial referente à pandemia de Covid-19. Ela foi elaborada pelo Comitê Nacional Paulo Gustavo e teve como principal financiador o Fundo Nacional do Audiovisual. Dentro disso, os municípios foram contemplados, mediante apresentação de Plano de Ação, com recursos que serviram para criar editais públicos de fomento ou premiação. Estrela foi contemplada com R$ 317.336,67 sendo que obrigatoriamente tínhamos que investir R$ 225.848,51 em audiovisual e o restante nas demais áreas culturais. A modalidade de editais e os valores deles foram decididos em audiência pública com a comunidade cultural local.


Fonte: AI Estrela #agoranovale fotos: Giovane de Souza/Governo de Estrela