fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Apoio de órgãos de outros estados reforça reconstrução no Vale do Taquari


Por Redação / Agora no Vale Publicado 24/05/2024
Ouvir: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP
24131415_2134926_GD

O apoio a famílias do Vale do Taquari conta com voluntários, empresas e órgãos públicos de outros estados brasileiros em diversas iniciativas. Na região, que começa a organizar a infraestrutura das cidades, dos negócios e das residências, essa ajuda tem sido importante, também, para auxiliar as prefeituras locais com especialistas e equipamentos.

As forças de segurança representam uma das ajudas mais evidentes. No caso dos bombeiros, por exemplo, servidores de 13 estados, incluindo do Rio Grande do Sul, atuam no Vale do Taquari, muitos desde a etapa de resgate de pessoas. Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe têm efetivos na região.  

Na Defesa Civil, há apoio das equipes de Amapá, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo.

Outro exemplo é a atuação dos voluntários do Instituto Água e Terra (IAT), que chegaram à região em 12 de maio. Mais de 60 técnicos do órgão ambiental ficaram à disposição da Defesa Civil local desde então. O grupo é vinculado ao governo do Paraná e está trabalhando na limpeza urbana, distribuição de água potável por meio de caminhões-pipa, resgate de pessoas e animais e apoio logístico com barcos e camionetes 4×4.

Neste momento, a ação de limpeza pública de ruas, praças, escolas, creches e hospitais, entre outros espaços, está concentrada nos municípios de Arroio do Meio, Colinas, Cruzeiro do Sul, Encantado, Estrela, Muçum, Rio Pardo, Roca Sales e Sinimbu. Na quinta-feira (23/5), o apoio foi estendido para Venâncio Aires, com a chegada de nove novos caminhões-pipa cedidos por cidades vinculadas à regional do IAT de Ivaiporã, no Vale do Ivaí. 

Na segunda-feira (20/5), mais 30 caminhões-pipa e quatro camionetes 4×4 foram enviadas pelo governo do Paraná para ampliar a força-tarefa de apoio às vítimas das enchentes.

Outro movimento partiu de diferentes prefeituras que adotaram cidades gaúchas. O coronel Claiton Marmitt, que está atuando na coordenação das ações da Defesa Civil na região do Vale do Taquari, disse que caminhões e máquinas que estão chegando em caravanas para a região são bem-vindos. Claiton destacou que os veículos causam um impacto bastante positivo na percepção da solidariedade que vem marcando essa tragédia e permitem um trabalho importante e que não seria viável sem esse aporte, mesmo com a ajuda de outros municípios gaúchos. Desde o início da crise climática, são inúmeras as ações de colaboração de diferentes estados, municípios e órgãos federais.

Nesta sexta-feira (24/5), a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) também recebeu a confirmação da chegada, no sábado (25/5), de servidores do Pará e Paraná. Os profissionais atuarão nas cidades de São Leopoldo e Canoas, em apoio a ações de assistência social.