fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Agora no Vale 728x90px Programa Fazer Juntos

Governo do RS anuncia chamamento de 1.798 servidores para a Segurança Pública no RS


Por Redação / Agora no Vale Publicado 28/02/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP
09183942_422073_GD
Foto BM/ Divulgação

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou nesta quarta-feira (28/2) o chamamento de 1.798 novos servidores para a Segurança Pública do estado. O investimento financeiro previsto é de R$ 483,2 milhões até o final de 2026.

Os novos servidores serão incorporados à Brigada Militar (BM), à Polícia Civil (PC), à Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) e ao Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS). Com essas nomeações, o Rio Grande do Sul alcançará o maior efetivo de forças de segurança dos últimos dez anos, totalizando 34.474 servidores.

Desde 2019, o governo já nomeou 9.280 novos servidores para a área da segurança pública. “Os resultados da política de segurança pública do nosso governo são visíveis. Reduzimos a criminalidade a patamares muito inferiores ao que o Estado costumava conviver”, afirmou o governador Eduardo Leite. Ele ressaltou ainda a importância de ampliar os investimentos e manter o efetivo policial estável.

O cronograma de chamamento foi apresentado inicialmente aos deputados da base aliada em uma reunião no Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff). O governador destacou que a estratégia de ampliação do efetivo é responsável e está alinhada às condições financeiras do estado.

Desde a implementação do programa RS Seguro, o governo calcula que as ações das forças de segurança preservaram 4.840 vidas, evitaram 107.119 roubos a pedestres e 51.584 roubos de veículos. Estes resultados demonstram o impacto positivo das políticas de segurança pública adotadas pelo governo do Rio Grande do Sul.

28165409_2119304_GDO