fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px
  • Banner Agora no Vale 728x90px

“Compra suspeita”: entenda o golpe dos falsos funcionários de cartão de crédito


Por Redação / Agora no Vale Publicado 27/06/2024
Ouvir: 00:00
  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px
celular valter campanato

Um morador do interior de Venâncio Aires, de 56 anos, recentemente foi vítima de um golpe, perdendo R$ 18 mil para estelionatários. Os golpistas se passaram por funcionários de uma empresa de cartões de crédito, questionando-o sobre uma suposta compra.

A vítima, sem ter realizado tal compra, foi convencida pelos criminosos de que precisaria realizar alguns procedimentos para garantir sua segurança. O homem acabou fornecendo seus dados bancários e realizando transferências para contas desconhecidas. Além disso, os estelionatários conseguiram fazer empréstimos em seu nome e utilizaram todo o limite disponível das contas bancárias.

Como funciona o golpe

  1. Contato inicial: Os golpistas ligam para a vítima se passando por funcionários de uma empresa de cartão de crédito ou banco.
  2. Compra falsa: Alegam que detectaram uma compra suspeita ou irregular na conta da vítima.
  3. Procedimentos de segurança: Solicitam que a vítima forneça dados pessoais e bancários para “verificação” e “proteção”.
  4. Transferências e empréstimos: Com as informações fornecidas, os criminosos fazem transferências e empréstimos em nome da vítima, esgotando os limites das contas bancárias.

Como evitar cair em golpes semelhantes

  1. Desconfie de Ligações Inesperadas: Empresas de cartões de crédito raramente fazem contato direto para tratar de problemas de segurança. Em caso de dúvida, desligue e ligue para o número oficial da empresa.
  2. Não Forneça Dados Pessoais por Telefone: Nunca forneça dados pessoais ou bancários por telefone, especialmente se você não iniciou o contato.
  3. Verifique a Autenticidade do Contato: Se receber uma ligação suspeita, verifique a autenticidade do contato utilizando números de telefone oficiais encontrados no site da empresa.
  4. Atenção aos Sinais de Pressa: Golpistas geralmente usam táticas de urgência para pressionar a vítima a agir rapidamente. Tome o tempo necessário para verificar a situação.
  5. Use a Autenticação em Duas Etapas: Sempre que possível, ative a autenticação em duas etapas para adicionar uma camada extra de segurança às suas contas.
  6. Monitore Suas Contas: Verifique regularmente suas contas bancárias e de cartão de crédito para identificar qualquer atividade suspeita o mais rápido possível.
  7. Educação e Informação: Mantenha-se informado sobre os tipos de golpes mais comuns e compartilhe essas informações com familiares e amigos para que todos possam estar alertas.