fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Agora no Vale 728x90px Programa Fazer Juntos

Chega a 50 o número de mortes por dengue no RS


Por Redação / Agora no Vale Publicado 02/04/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Aniversário-28-anosDESK
dengue-agoranovale-lajeado

São mais de 40 mil casos confirmados no Rio Grande do Sul, e agora o número oficial de mortes por dengue já chega a 50. Foram confirmadas mais três mortes por dengue em março: dois homens e uma mulher com comorbidades, conforme informado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta terça-feira (2).

As vítimas incluem um homem de 80 anos de Três Passos, falecido em 11 de março; uma mulher de 23 anos de Santa Rosa, que morreu em 19 de março; e um homem de 89 anos de Vicente Dutra, cuja morte ocorreu em 25 de março, todos com comorbidades prévias.

Em três meses de 2024, o RS já superou o total de casos de dengue do ano passado
Estado não é incluído na nova fase da campanha de vacinação contra a dengue do Ministério da Saúde

O número de óbitos em 2024 se aproxima do total do ano passado, quando 54 pessoas morreram da doença. O estado havia registrado um recorde de 66 mortes em 2022. Comparativamente, até este período em 2023, havia sido confirmada apenas uma morte, e em 2022, nenhuma.

De acordo com o último relatório da SES, o Rio Grande do Sul registrou 40.183 casos confirmados de dengue até o momento, enquanto o ano passado fechou com 38.387 casos.

Em resposta ao aumento dos casos e óbitos, o governo estadual decretou situação de emergência em março. Apesar da crise, o RS não está entre os municípios selecionados para receber as primeiras doses da vacina contra a dengue destinadas a crianças e adolescentes na campanha nacional de vacinação.

Sintomas comuns da dengue incluem febre alta de 39°C a 40°C, dor atrás dos olhos, dor de cabeça, dores corporais e nas articulações, mal-estar geral, náusea, vômito, diarreia e manchas vermelhas na pele, que podem ser acompanhadas de coceira.