fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Três homens enfrentam policiais depois de prisão


Por Redação / Agora no Vale Publicado 20/01/2018
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP

Desrespeito a autoridade policial é crime e também um ato de insegurança. Comando da BM alerta que os policiais têm o dever de agir e defender a sociedade em situação de risco

Nas últimas semanas foram registradas ocorrências em que a sociedade está enfrentando policiais durante operações e prisões de pessoas que cometeram algum tipo de crime. O último caso ocorreu na noite de sexta-feira, dia 19, no Bairro Montanha, em Lajeado.

Por volta de 23h, a Brigada Militar recebeu telefonemas da população informando que próximo aos Guinchos Sansão, nas margens da BR 386 – Lajeado, estariam ocorrendo disparos de arma de fogo.

Já no local, a guarnição avistou um homem que jogou no chão uma arma de fogo, a qual verificou-se posteriormente, tratar-se de uma pistola, calibre .380, modelo 838, com 14
munições intactas, sendo está registrada em nome de um terceiro que também estava no local.

No momento da abordagem outro homem que reside em um apartamento próximo ao local do fato efetuou disparos de arma de fogo contra a guarnição. Os policiais tiveram que revidar. Mas ninguém se feriu.

Diante dos fatos, policiais foram à residência do atirador no Bairro Montanha onde localizaram as seguintes armas de fogo em seu poder: um simulacro de pistola, uma pistola calibre .380, modelo 838 com 16 munições intactas; um revólver calibre .32, com duas munições deflagradas e duas intactas; um rifle calibre . 22 com silenciador sniper, sem número de procedência com 65 munições;  uma espingarda calibre .12 com dois canos sobrepostos com cinco cartuchos intactos e um deflagrado.

Durante a abordagem e contenção dos presos houve desobediência de terceiros que estavam no local.

As partes foram conduzidas a DPPA onde dois foram autuados em flagrante por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo e outros três foram acusados de favorecimento pessoal e desobediência.

Outro caso
No começo da semana outro caso já havia sido registrado no Bairro Santo Antônio, em que pessoas, inclusive um policial ficaram feridos.


Alerta
A comandante da 1ªCia do 22º Batalhão da Brigada Militar de Lajeado, capitã Karine Pires Soares Brum, alerta para que as pessoas não invistam contra os policiais. “Eles representam o Estado e tem o dever de agir.” Acrescenta que se alguém entender que houve abuso ou qualquer ilegalidade, deve procurar a corregedoria. “Não interfira na ação para não torná-la insegura.”
Destaca que nesta ocorrência a BM foi chamada por cidadãos que denunciaram os disparos em via pública. “Fomos atender à comunidade. Os policiais saíram em defesa dos direitos dos que estavam expostos aquele perigo.”

Redação
redacao@agoranovale.com.br