fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Suspeito do Caso Potrich foi preso nesta tarde


Por Redação / Agora no Vale Publicado 25/04/2019
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP

Juíza Jacqueline Bervian, do Fórum de Encantado, definiu a prisão por coação de testemunhas nesta tarde de quinta-feira

A juíza Jacqueline Bervian, do Fórum de Encantado, registrou na tarde desta quinta-feira, dia 25, a prisão do suspeito de ter assassinado e ocultado o cadáver do bancário Jacir Potrich, de Anta Gorda. Minutos depois, o dentista, se entregou no Fórum de Encantado.

O pedido de prisão preventiva foi solicitado pelo promotor André Prediger. Em um primeiro momento foi negado, mas depois de apresentar novas informações por coação de testemunhas, a juíza reavaliou e acatou nesta tarde.  

De acordo com a solicitação do promotor, há provas de que o suspeito estaria coagindo e constrangendo a esposa, e ainda cópia de imagens que demonstram a investida do mesmo contra ela, e, por fim, certidão dando conta de que outras pessoas da comunidade de Anta Gorda vem sendo molestadas pelo acusado,

Jacir Potrich desapareceu do condomínio onde morava na tarde da terça-feira, 13 de novembro. Até agora o corpo ainda não foi localizado.