fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Agora no Vale 728x90px
  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px

Polícia Civil apreende mais de meia tonelada de cocaína


Por Redação / Agora no Vale Publicado 02/07/2024
Ouvir: 00:00
  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px
meia tonelada cocaina-agoranovale

Em uma ação significativa no combate ao tráfico de drogas, a Polícia Civil do Rio Grande do Sul alcançou um marco histórico nesta segunda-feira (1º). A operação, liderada pela 3.ª Delegacia de Investigações do Narcotráfico (3.ª DIN-Denarc), resultou na apreensão de mais de meia tonelada de cocaína em Canoas, culminando oito meses de investigações intensivas.

Durante a operação, um homem foi preso em flagrante por tráfico de drogas, enquanto outros dois foram detidos para interrogatório. As investigações começaram após a polícia receber informações sobre a formação de um consórcio entre duas organizações criminosas com ramificações na cidade, com o objetivo de introduzir uma grande quantidade de cocaína no estado, utilizando rotas aéreas e terrestres.

“Nos últimos dias, intensificamos o monitoramento e identificamos os possíveis locais de armazenamento da droga,” explicou o delegado Gabriel Borges. Em um dos imóveis investigados no bairro Mathias Velho, os agentes encontraram a substância, levando à maior apreensão de cocaína já registrada pela Polícia Civil gaúcha.

O indivíduo preso possui um histórico de envolvimento com o tráfico de drogas, e a operação representou um prejuízo estimado em mais de R$ 15 milhões para o crime organizado. “Essa apreensão é histórica para o combate ao narcotráfico no Rio Grande do Sul, quebrando a estrutura do crime organizado e desarticulando a logística dos traficantes,” destacou Borges.

O diretor de Investigações do Narcotráfico, delegado Alencar Carraro, reforçou a importância da operação. “Este trabalho é o resultado de uma estratégia contínua de enfrentamento às organizações criminosas e do compromisso com o combate ao narcotráfico, visando a descapitalização do crime organizado e a responsabilização criminal de suas lideranças,” afirmou Carraro.

A ação de hoje marca um ponto de virada na luta contra o narcotráfico no estado, mostrando a eficácia das forças policiais na prevenção e combate ao crime organizado em uma das áreas mais desafiadoras da segurança pública.