fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Onda de furtos assusta comerciantes de Lajeado


Por Redação / Agora no Vale Publicado 08/09/2018
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP

Em um mês foram registrados 26 casos de furto arrombamentos em estabelecimentos comerciais e 39 casos em residências e veículos

Os números de furto arrombamento em Lajeado assustam. De 1º de agosto a 6 de setembro foram registrados na Delegacia de Polícia de Lajeado, 26 furtos em estabelecimentos comerciais. Os números podem ser ainda maiores devido a falta de registro de algumas vítimas.

Os bandidos driblam equipamentos de segurança e a polícia, e invadem os locais com tranquilidade durante a madrugada. Nem mesmo sistemas de alarmes e câmeras de vigilância coíbem ou impedem, pela rapidez que cometem a ação.

De acordo com os dados, os bairro com maior incidência de registros são o Florestal e São Cristóvão e o horário preferido pelos criminosos é de 00:00 às 04:00. Os bens mais levados são os de fácil acesso como notebook, televisores, celulares e dinheiro dos caixas e gavetas.

Os números
– 26 furtos arrombamento a estabelecimentos comerciais
– Bairros com maior incidência são Florestal e São Cristóvão
– 39 furtos arrombamentos de residências e veículos
Fonte: registros de ocorrências 

Casos sem registros
Durante a semana diversos comerciantes encaminharam para a reportagem do AGORA no vale imagens de câmeras de vigilância que flagraram ações em seus estabelecimentos. Alguns não registraram ocorrência e alegam que são vítimas recorrentes. Uma das empresárias, que preferiu não se identificar, destaca que foi vítima quatro vezes nos últimos três meses e que não fará mais registro, porque não teve retorno nas ocorrências anteriores.

Últimos casos registrados:
– Um restaurante no Bairro São Cristóvão, em Lajeado, foram alvos nos dias 17, 23 e 30 de agosto e ainda na madrugada da quinta-feira, dia 6. Câmeras de monitoramento registraram as ações. Além de objetos levados, os proprietários ainda sofrem com o prejuízo dos bens danificados, como as portas e janelas, quando são quebradas.

– Na quinta-feira, outro estabelecimento comercial foi invadido entre 1h e 1h45 no bairro Universitário, em Lajeado. A porta da frente do local foi violada. Do local foram levados R$ 30 em dinheiro, um kit chimarrão e cerca de dez carteiras de cigarro.

– Na sexta-feira, dia 31, um laboratório fotográfico, localizado na Avenida Benjamin Constant, no Centro de Lajeado foi invadido. Do local foram diversos equipamentos avaliados em R$ 12 mil.

– Na terça-feira, duas empresas do Bairro São Cristóvão registraram que a porta de entrada foi danificada durante a madrugada, com sinais de arrombamento. Nada foi levado do local.

– Na terça-feira, dia, uma empresa de materiais elétricos situada na Avenida Senador Alberto Pasqualini, no bairro São Cristóvão, em Lajeado, foi arrombada durante a madrugada. Do local, foram levados dois notebooks, um tablet e um aparelho de televisão.

– Na segunda-feira, dia 3, uma floricultura e agropecuária do Bairro Florestal, em Lajeado, foi arrombada. Do local, levados frascos de perfumes, petiscos para cachorros e R$ 100. Para ter acesso ao local, teria sido forçada a porta de entrada do estabelecimento comercial.

Redação
redacao@agoranovale.com.br