fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Mulher leva homem morto em cadeira de roda para tentar fazer empréstimo


Por Redação / Agora no Vale Publicado 17/04/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP
empréstimo cadáver agora no vale lajeado

Uma mulher foi detida em flagrante no Rio de Janeiro, na tarde de terça-feira (16), por tentativa de furto mediante fraude e desrespeito a um cadáver. Ela levou um idoso já falecido em uma cadeira de rodas para tentar sacar um empréstimo bancário de R$ 17 mil em uma agência de Bangu, na zona oeste da cidade.

Os funcionários do banco suspeitaram da situação e acionaram a polícia, além do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que confirmou o óbito de Paulo Roberto Braga, 68 anos, há algumas horas.

Segundo a investigação, a mulher tentou simular a assinatura do idoso, que já estava morto quando entrou no banco. Na delegacia, a mulher alegou ser cuidadora do idoso, seu tio, que estava debilitado. A polícia está investigando a relação de parentesco entre os dois e as circunstâncias da morte.

O fato foi registrado em vídeo pelas atendentes do banco, mostrando a mulher tentando manter a cabeça do cadáver erguida e até mesmo conversando com ele, embora sem resposta.

A mulher continuava prestando depoimento na delegacia até aproximadamente as 19h. A polícia está investigando se houve fraude ou estelionato, bem como se outras pessoas estavam envolvidas nos crimes. O delegado enfatizou a importância de continuar as investigações para identificar outros possíveis familiares e determinar se o idoso estava vivo no momento do empréstimo.