fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Mulher cai ao tentar descer de ônibus em Lajeado e cobra despesas médicas da empresa


Por Redação / Agora no Vale Publicado 11/06/2024
Ouvir: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP
Delegacia de Polícia de Lajeado. Foto Agora no Vale / Arquivo

Uma mulher compareceu à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Lajeado para relatar um acidente ocorrido ao desembarcar de um ônibus coletivo.

A vítima informou que, no dia do incidente, ao tentar descer do ônibus em uma parada próxima à sua residência, deu o sinal para o motorista, que parou o veículo. No entanto, ao descer, o motorista arrancou o ônibus, fazendo com que a mulher caísse, batendo o rosto no asfalto e sofrendo lesões no rosto, peitoral e em um dedo da mão direita. No momento da queda, ela carregava duas sacolas.

Após o acidente, segundo informa a comunicante, o motorista não parou para prestar socorro, continuando seu trajeto. Um vizinho da vítima seguiu o ônibus e informou o motorista sobre o ocorrido. O motorista alegou não ter visto a queda e foi procurar a vítima na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não a encontrou, pois ela estava sendo atendida no Hospital Bruno Born.

Durante o registro da ocorrência, estava presente o representante da empresa. A vítima declarou que, no momento, não deseja representar criminalmente contra o motorista, desde que seja ressarcida pelas despesas médicas. Ela foi orientada sobre o prazo para uma possível ação legal.