fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

MP investiga desvio de donativos em três municípios


Por Redação / Agora no Vale Publicado 27/05/2024
Ouvir: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP
agora no vale lajeado gaeco

Nos últimos dias, o Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS), através do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), tem intensificado a investigação sobre desvios de donativos destinados às vítimas das recentes enchentes no estado. Pelo menos três casos foram alvo de operações recentes, destacando a gravidade e a recorrência dessa prática criminosa.

Barra do Ribeiro: Desvio de Produtos da Defesa Civil

O mais recente caso envolve o município de Barra do Ribeiro, onde produtos enviados pela Defesa Civil estadual foram desviados após a chegada à cidade. A investigação do GAECO aponta que os suprimentos, destinados às vítimas da enchente, foram indevidamente entregues a uma entidade associada a um pré-candidato nas próximas eleições municipais. Três suspeitos foram alvo da operação realizada na última quinta-feira, 23 de maio.

Durante a ação, foram apreendidos centenas de produtos, documentos, celulares e mídias eletrônicas que servirão como provas. A operação foi conduzida pelos promotores de Justiça André Dal Molin e Maristela Schneider.

Cachoeirinha: Irregularidade em ONG

Outro caso sob investigação do GAECO ocorreu em Cachoeirinha, envolvendo uma ONG. No domingo, 19 de maio, a instituição foi alvo de uma operação de busca e apreensão após denúncias de que donativos estavam sendo desviados para um depósito não oficial. Três suspeitos, com envolvimento político no município, são alvo da investigação.

A operação, autorizada judicialmente após apuração inicial do Núcleo de Inteligência do MPRS (NIMP), resultou na apreensão de documentos, celulares e outras mídias que estão sendo analisadas. A investigação, também coordenada pelos promotores André Dal Molin e Maristela Schneider, busca esclarecer os indícios de apropriação indevida dos donativos.

Eldorado do Sul: Desvios por Integrantes da Defesa Civil

Em Eldorado do Sul, o GAECO realizou uma operação no sábado, 25 de maio, contra três agentes públicos da Defesa Civil municipal, suspeitos de desviar doações para futuros eleitores. Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão nas residências dos suspeitos, na Prefeitura e em depósitos da cidade.

Os agentes, sendo dois deles pré-candidatos às eleições deste ano, foram temporariamente afastados de suas funções na Defesa Civil. Entre os itens apreendidos estão celulares, documentos e dinheiro. Os crimes investigados incluem apropriação indébita, peculato e associação criminosa durante estado de calamidade pública. A operação contou com a participação dos promotores André Dal Molin, Maristela Schneider, Fernando Sgarbossa, Rafael Riccardi e Plínio Dutra.

Ações e Desdobramentos

Essas operações destacam o comprometimento do MPRS em combater a corrupção e garantir que os donativos cheguem às mãos de quem realmente precisa. As investigações continuam, e o GAECO segue apurando todas as denúncias recebidas, com o objetivo de responsabilizar os envolvidos e coibir práticas ilícitas, especialmente em momentos de vulnerabilidade social.