fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Líder de facção criminosa é preso no Paraguai


Por Redação / Agora no Vale Publicado 04/05/2018
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP

Traficante é investigado por sete homicídios. Polícia Civil foi mais de 15 vezes ao Paraguai para prender

Luiz Fernando da Silva Soares Júnior (Junior Perneta), 38 anos, era um dos criminosos mais procurados do Rio Grande do Sul. Ele foi preso na quarta-feira pela Polícia Civil no Paraguai, depois de uma investigação que durou cerca de um ano e mais de 15 viagens ao país vizinho.

Júnior Perneta era procurado pela polícia gaúcha desde 2015, quando deixou a Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc) pela porta da frente depois de um erro no sistema.

Ele chegou a ser incluído na lista de procurados da Interopol (polícia internacional). Ele é investigado por sete homicídios e ainda possuía três mandados de prisão por tráfico internacional de drogas.

Para permanecer em fuga, Perneta usava uma identidade em nome de outra pessoa e trocava constantemente de telefone para evitar interceptações telefônicas. Os últimos números usados por ele estavam registrados no Reino Unido, no Marrocos e na Irlanda do Norte.

Em depoimento o secretário da Segurança Cezar Schirmer alerta que a transferência do criminoso do Paraguai para o Brasil são mantidos em sigilo, mas a ideia é que seja preso em uma penitenciária federal para que seja anulada a sua ação junto a seu grupo criminoso