fbpx

Bombeiros alertam sobre cuidados com abelhas


Por Redação Publicado 11/01/2019

Em 2018, 10% dos atendimentos dos Bombeiros de Estrela foi relacionado retirada/manejo de abelhas/marimbondos e insetos em geral

Durante todo o ano são comuns atendimentos de ocorrências envolvendo abelhas, porém é na estação das flores e no verão que os incidentes com estes insetos aumentam consideravelmente. Contudo, é no calor também que as abelhas estão mais agitadas e agressivas e por isso é preciso ter alguns cuidados.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Estrela,tenente Paulo Cesar Sulzbach, afirma que das 903 ocorrências atendidas pela unidade em 2018,  10%, ou seja, 93 são ocorrências envolvendo a retirada/manejo de abelhas/marimbondos e insetos em geral, em locais públicos ou privados.

Um dos fatores que explica esse aumento são as altas temperaturas registradas no estado nos primeiros dias do ano. O forte calor e o desmatamento na zona rural faz com que os enxames de abelhas migrem para área urbana em busca de locais mais frescos para construírem suas colmeias, por isso é comum o aumento de incidentes com abelhas nesta época do ano.

Nas últimas semanas vem se intensificando os trabalhos, também, das demais unidades de bombeiros na região. Um grupo que registrou mais chamados foi o Corpo de Bombeiros Voluntários de Colinas/Imigrante. A unidade atende diversos chamados de retirada de abelhas de residências.


Os números de 2018
– 47 ocorrências de atendimentos com marimbondos
– 26 ocorrências de atendimentos com abelhas
– 20 ocorrências de atendimentos com vespas

ATENÇÃO
Cuidados com Abelhas/Marimbondos/Vespas/Camotim:
*Quando estiver próximo e ou avistar um enxame evite fazer movimentos bruscos e gritar, pois os insetos são atraídos por ruídos;

*Não utilize equipamentos barulhentos perto de colmeias e, sempre que possível, procure fazer uma vistoria da área que irá trabalhar, a fim de identificar e localizar ninhos/enxames/colmeias;

*Evite passar com animais (vacas, cavalo, cães…) próximo a enxames/colmeias, pois os animais podem ser atacados;

*Oriente as crianças a não atirar objetos(pau, pedra…) nos enxames, bem como, a precaver-se e não matar as abelhas, vespas e marimbondos;

*Caso você seja atacado por um enxame procure proteger imediatamente as áreas do pescoço e da cabeça, procurando de pronto o atendimento médico em caso de ocorrer ferroadas nestas áreas;

*Pessoas que possuem alergia a picadas destes insetos devem solicitar informações ao seu médico de como proceder em caso de ataque, bem como, deve evitar caminhadas em matas e, se atacadas, devem procurar o quanto antes atendimento especializado;

*Os ferrões continuam liberando toxina após a picada, sendo assim, deve ser efetuada imediatamente a remoção dos ferrões que ficaram aderidos à pele;
Em caso de formação de ninho/enxame/colmeias,, o proprietário deverá acionar empresa especializada para a remoção dos insetos;

*Em caso de ataque (EMERGÊNCIA) por abelhas, marimbondos, vespas, camotim, acione imediatamente o Corpo de Bombeiros pelo fone 193,

Ao ligar para o bombeiros informe: 
a) endereço e telefone do solicitante;
b) local e período que as abelhas estão instaladas no local;
c) se há crianças ou pessoas alérgicas no local ou proximidades.


Redação
[email protected]