fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px
  • Banner Agora no Vale 728x90px

Bebê é encontrado morto enrolado dentro de saco de lixo no centro de Canoas

Acusada, mãe do bebê deixou a criança no mesmo prédio onde trabalhava e em seguida seguiu para suas tarefas


Por Redação Publicado 25/06/2024
Ouvir: 00:00
  • Agora No Vale – Banner Site Anuncie Conosco 728x90px
Polícia Civil imagens câmera mulher bebê – agoranovale-lajeado
foto reprodução de câmeras de vigilância / Polícia Civil

Na tarde de segunda-feira (24), um bebê morto foi descoberto enrolado em uma manta, dentro de um saco de lixo, em um conjunto comercial localizado no centro de Canoas, na Região Metropolitana.

A mãe da criança, que foi presa pela Polícia Civil, está sendo investigada por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. De acordo com a polícia, a suspeita tem cerca de 40 anos e possui outros dois filhos.

O delegado que investiga o caso informou que a menina foi asfixiada com uma fita colada entre a boca e o nariz. A investigação revela que a mulher deu à luz na noite de domingo, amamentou a criança e, em seguida, a asfixiou.

Na manhã de segunda-feira, a mulher foi trabalhar levando o corpo do bebê dentro de uma sacola. Ela teria abandonado o corpo na lixeira do conjunto comercial, trocado de roupa e iniciado seu turno de trabalho.

Por volta das 13h, os seguranças do local encontraram o bebê e acionaram a Brigada Militar. O 15º Batalhão de Polícia Militar isolou a área para que o Instituto-Geral de Perícias (IGP) realizasse seu trabalho.

A Polícia Civil solicitou a prisão preventiva da mulher. Em depoimento, ela preferiu ficar em silêncio, mas confessou o crime informalmente. Os motivos para o ato não foram revelados


Fonte: GZH #agoranovale