fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Bairro Planalto registra quatro tiroteios em 10 dias


Por Redação / Agora no Vale Publicado 28/02/2019
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP

Uma pessoa morreu, uma foi baleada e internada, outra sequestrada e morta dias depois. E no último caso, registro na noite de terça-feira, ninguém se feriu

A insegurança no Bairro Planalto no mês de fevereiro vem assustando moradores. Em dez dias ocorreram quatro tiroteios, três deles com mortes ou vítimas gravemente feridas. Polícia liga os casos a brigas de facção criminosas. O último foi registrado na noite de terça-feira, dia 26, na Rua Edwino Theobaldo Thomas.

De acordo com registro de ocorrência, a vítima é uma mulher. Ela conta que estava na frente de sua casa, quando uma motocicleta com dois homens se aproximou e disparou com arma de fogo em sua direção. A vítima conseguiu se abrigar e chamou a polícia. Marcas de tiros estão na casa e no veículo que estava no local.

Até o momento nenhum suspeito foi preso.

Lembre dos demais casos
*Dia 16 – Jeferson de Lima Antoni, 18 anos, foi executado com um tiro na cabeça por volta de 19h20min, na Rua Oscar Pedro Scherer, no Bairro Planalto, em Lajeado.

*Dia 18 – Tiago Vargas Neitzke foi baleado dentro de uma oficina mecânica no Bairro Planalto. Segundo relato de testemunhas, um veículo Ônix vermelho teria chegado ao local e dois homens armados entraram na oficina e atiraram contra a vítima. Ele foi atingido no tórax, e foi socorrido pelo SAMU em estado grave.

*Dia 19 – Jordan Heuser, 15 anos, foi levado por uma quadrilha da oficina mecânica do Bairro. Buscas foram feitas no mesmo dia pela Brigada Militar, sem sucesso. O adolescente foi encontrado morto cinco dias depois em um arroio em Venâncio Aires, com perfuração por arma de fogo na cabeça.

Redação
redacao@agoranovale.com.br