fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Inter vence Alianza Lima por 2 a 0 e assume liderança do grupo A na Copa Libertadores


Por Redação / Agora no Vale Publicado 14/03/2019
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP

Nico López fez os dois gols da vitória colorada

Em uma noite iluminada do uruguaio Nico López, o Internacional bateu o Alianza Lima por 2 a 0 no Beira-Rio, em sua estreia em casa pela Copa Libertadores. Os dois gols da vitória vieram ainda no primeiro tempo, aos 8’ e aos 19’; na segunda etapa o time de Odair Hellmann apenas controlou a partida.

O Alianza Lima teve sua estratégia quebrada logo antes dos primeiros 10 minutos de jogo, quando foi surpreendido com um chute de fora da área de Nico López, que abriu o marcador para o time da casa. Ainda que tenha tentado pressionar o Inter e tivesse maior posse de bola, os peruanos não tiveram efetividade para buscar o gol. Apenas um lance, após cobrança de falta, ainda no primeiro tempo, levou perigo à defesa colorada, onde Marcelo Lomba fez uma grande defesa.

Após emplacar mais uma vitória, o Internacional agora foc na preparação para o Gauchão, onde joga contra o Grêmio no domingo, no primeiro clássico do ano.

Internacional 2×0 Alianza Lima – Copa Libertadores – 2ª Rodada – 13/03/2019

Internacional: Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick (Nonato), Pottker (D’Alessandro) e Nico López; Rafael Sobis (Pedro Lucas).
Técnico: Odair Hellmann

Alianza Lima: Gallese; Rodrigo Cuba, Hansell Riojas, Gonzalo Godoy e José Guidino; Tomás Costa, Cartagena e Luis Ramírez (Arroé); Kevin Quevedo (Felipe Rodríguez), Manzaneda e Ugarriza (Sanchez).
Técnico: Miguel Ángel Russo

Gols: Nico López (I), aos 8’ e aos 19’ do primeiro tempo;

Cartões amarelos: Cartagena (ALI), Quevedo (ALI), Costa (ALI); Rodrigo Moledo (INT), Cuesta (INT);

Arbitragem: Jesús Valenzuela auxiliado por Jorge Urrego e Lubin Torrealba;

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

por
Patrícia Fagundes
esporte@agoranovale.com.br