fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Grêmio vence Internacional nos pênaltis e se consagra Campeão Gaúcho


Por Redação / Agora no Vale Publicado 18/04/2019
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP

Após o 0 a 0 no tempo normal, Tricolor venceu o Colorado por 4 a 3 nas penalidades

Na noite dessa quarta-feira (17), Grêmio e Inter fizeram jogo decisivo pelo título do Campeonato Gaúcho 2019. Com uma campanha recorde e com apenas 1 gol sofrido, o Grêmio conseguiu manter o seu bom rendimento nos dois jogos pela final do estadual.

Com mistérios sobre as escalações de ambos os times, Odair Hellmann e Renato Portaluppi revelaram suas equipes apenas 45 minutos antes da partida. No Inter, a novidade ficou por conta de Rodrigo Dourado; no Grêmio, Luan, porém o atacante ficou no banco até meados do segundo e embora tenha entrado no lugar de Jean Pyerre, não fez grande apresentação, com dificuldades de jogo e errando bastante, com uma forte marcação também para cima do atleta.

O jogo foi agitado e muito pegado, com três cartões amarelos em apenas 20 minutos de partida. Aos 23’ da segunda etapa, um pênalti marcado a favor do time da casa; Cortez foi derrubado na área após ser puxado pelo calção por Guilherme Parede. Com o auxilio do VAR, Jean Pierre Lima marcou a penalidade a favor do Grêmio, mas André parou em Marcelo Lomba, que defendeu a cobrança. Mas antes da cobrança de pênalti, o árbitro expulsou o reserva D’Alessandro, que partiu para cima e proferiu xingamentos ao quarto árbitro e Odair também se exaltou e também foi expulso. Como o treinador do Inter se recusou a sair de campo, o jogo ficou quase 9’ minutos paralisado até a cobrança da penalidade, já que foi necessária a ajuda da polícia para tirar Hellmann do gramado.

O Grêmio ainda tentou pressionar o Inter na segunda etapa, mas o jogo passou a ficar também bastante perigoso, já que os donos da casa deixavam espaços para contra-ataque.

Com mais um jogo terminado em 0 a 0, quem brilhou nas penalidades foi Paulo Victor, que defendeu as cobranças de Camilo, Cuesta e Nico López. Everton falhou a segunda cobrança, isolando e Marcelo Lomba defendeu o pênalti de Michel. Na última cobrança, o título estava nos pés de André, que havia errado o pênalti no tempo normal de jogo. Em sua redenção, foi de vilão à herói ao converter a última penalidade e dar o bicampeonato ao Grêmio.

Grêmio 0x0 Internacional – Campeonato Gaúcho – Final – jogo de volta – 17/04/2019

Grêmio: Paulo Victor; Leonardo, Kannemann, Geromel e Bruno Cortez; Maicon (Michel), Matheus Henrique, Alisson (Diego Tardelli), Jean Pyerre (Luan) e Everton; André
Técnico: Renato Gaúcho

Internacional: Marcelo Lomba; Zeca (Camilo), Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago (Rafael Sobis); Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, Pottker (Parede) e Nico López; Paolo Guerrero
Técnico: Odair Hellmann

Cartões amarelos: Kannemann, Michel (GRE); Pottker, Patrick, Guerrero, Daniel, Cuesta, Guilherme Parede, Rafael Sobis (INT)

Cartão vermelho: D’Alessandro (INT)

Arbitragem: Jean Pierre Lime auxiliado por Rafael da Silva Alves e Lúcio Beiersdorf Flor.

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

por
Patrícia Fagundes
esporte@agoranovale.com.br