fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Agora no Vale 728x90px Programa Fazer Juntos

Projeto pode ampliar possibilidades de aposentadoria para Microempreendedores Individuais (MEI)


Por Redação / Agora no Vale Publicado 11/03/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Aniversário-28-anosDESK
real_moeda_dinheiro_mcajr_2904223671

Uma proposta em discussão no Congresso Nacional visa alterar as regras de aposentadoria para os Microempreendedores Individuais (MEI) no Brasil, abrindo a possibilidade de uma aposentadoria mais condizente com a realidade financeira desses profissionais. A informação é de Francisco Macena da Silva, secretário-executivo do Ministério da Previdência. “Queremos garantir direito e regulamentar profissões para garantir segurança”, disse.

Ainda não estimativa de quando este projeto possa ir para a votação. Esta proposta está dentro do projeto voltado para motoristas de aplicativos, e valerá para todos os MEI. Atualmente, os MEI têm a possibilidade de se aposentar com um salário mínimo, o que pode representar um desafio financeiro para muitos empreendedores que almejam uma aposentadoria mais adequada ao histórico de renda ao longo de suas carreiras.

A proposta em tramitação propõe a flexibilização desse critério, permitindo que a aposentadoria do MEI seja calculada com base em uma média dos salários recebidos, inclusive antes do registro como MEI. Essa média poderá considerar também os valores que o empreendedor vier a receber no futuro.

O projeto destaca a importância de reconhecer a variação de renda ao longo da trajetória profissional dos MEI, possibilitando uma aposentadoria mais condizente com a realidade financeira e a contribuição previdenciária efetuada por esses microempreendedores.

Essa proposta vem sendo discutida como uma forma de promover maior equidade no sistema previdenciário para os MEI, reconhecendo as particularidades desse grupo de trabalhadores autônomos e empreendedores individuais.

O tema tem gerado debates no Congresso, envolvendo aspectos como a sustentabilidade do sistema previdenciário e a necessidade de oferecer condições mais justas aos MEI, que desempenham papel fundamental na economia do país. Acompanharemos o desdobramento desse projeto, que pode trazer mudanças significativas para a aposentadoria dos microempreendedores individuais no Brasil.