fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Governo Federal autoriza entrada de militares dos EUA para treinamento com Exército Brasileiro


Por Redação / Agora no Vale Publicado 19/10/2023
Ouvir: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP

O Governo Federal brasileiro emitiu autorização para a entrada e permanência temporária de 294 militares dos Estados Unidos no Brasil. Essa ação tem como objetivo realizar um treinamento conjunto com o Exército Brasileiro, no período compreendido entre os dias 24 de novembro e 20 de outubro. A decisão foi formalizada por meio de um decreto publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 19.

O exercício em questão faz parte da Operação Core 23 (Combined Operation and Rotation Exercise), que visa à cooperação entre as duas forças militares para a troca de experiências e táticas de defesa. O treinamento será conduzido na cidade de Belém, capital do Pará, e nos municípios de Ferreira Gomes, Macapá e Oiapoque, situados no estado do Amapá.

Além do contingente de militares norte-americanos, o exército dos Estados Unidos trará consigo armamentos, acessórios, munições, sensores e equipamentos de comando, controle e comunicação.

Essa operação conjunta já havia sido planejada anteriormente, com uma comitiva visitando os mesmos municípios em maio, como parte das etapas preparatórias para a realização de uma atividade desse porte em território amazônico. Durante essa visita, foram verificados aspectos relacionados à saúde da tropa que participará do exercício atual. As equipes de reconhecimento avaliaram a estrutura disponível, os equipamentos, os suprimentos e os procedimentos necessários para a execução do treinamento. Além disso, a inspeção do exército estrangeiro abrangeu as instalações de abastecimento do Exército Brasileiro.

Segundo informações do Exército Brasileiro, a iniciativa tem como propósito “manter os laços históricos entre os países e incrementar a integração e a cooperação entre os dois exércitos”. A cooperação militar entre Brasil e Estados Unidos é vista como uma oportunidade de aprimorar as capacidades de ambas as nações em questões de defesa e segurança.