fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Banner Sicredi Agora no Vale 728x90px

Com R$ 1 bilhão para contribuintes do RS, Receita Federal inicia consulta ao 1º Lote de restituição nesta quinta-feira

Mais de R$ 1 bilhão serão pagos a contribuintes que residem no Rio Grande do Sul.


Por Redação / Agora no Vale Publicado 23/05/2024
Ouvir: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Institucional-WhatsappDESKTOP

Os contribuintes poderão fazer a consulta ao 1º lote de restituições do Imposto de Renda 2024 a partir das 10h desta quinta-feira, 23 de maio. Este é o maior valor já pago pela Receita Federal em um lote de restituição do IRPF.

Pagamentos e Prioridades

Os pagamentos serão realizados a partir de 31 de maio, mesmo dia em que se encerra o prazo para declaração. Devido ao estado de calamidade decretado no Rio Grande do Sul (RS), foi dada prioridade aos contribuintes domiciliados no estado. No RS, serão restituídas 886.260 declarações, incluindo exercícios anteriores, totalizando mais de R$ 1 bilhão.

Os contribuintes gaúchos foram inseridos na faixa de preferência após as prioridades legais e antes daqueles que optaram pelos modelos de pagamento via PIX e pela declaração pré-preenchida.

Calendário da Restituição do IR 2024

Os pagamentos das restituições do IR 2024 serão feitos em cinco lotes, conforme informações da Receita Federal. O prazo para entrega das declarações começou no dia 15 de março. Veja as datas dos pagamentos:

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 28 de junho
  • 3º lote: 31 de julho
  • 4º lote: 30 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

Como Fazer a Consulta?

Assim que a consulta estiver disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita Federal na internet e clicar na opção “Meu Imposto de Renda”. Em seguida, basta clicar em “Consultar a Restituição”.

A página oferece orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo uma consulta simplificada ou completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC. Caso identifique alguma pendência na declaração, o contribuinte pode retificá-la, corrigindo as informações.

A Receita Federal disponibiliza, também, um aplicativo para tablets e smartphones que permite consultar diretamente nas bases da Receita informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.