Vizinhos ouviram pedidos de socorro e não chamaram a polícia porque acharam se tratar de “briga de casal”

Uma menina de 13 anos de idade foi espancada e esfaqueada até a morte em São Leopoldo. O crime foi descoberto na noite dessa quarta-feira, 9, e de acordo com a perícia, o crime ocorreu cerca de 24 horas antes. Vizinhos ouviram pedidos de socorro na terça-feira, e disseram que não chamara a polícia por entender que era “briga de casal”. O pai ainda não foi localizado.

Uma faca de cozinha foi recolhida na casa e encaminhada ao Instituto-Geral de Perícias (IGP). Conforme um levantamento inicial, a vítima estava com o rosto desfigurado e tentou defender-se dos golpes conforme indicam as lesões, sobretudo nas mãos. O corpo estava enrolado em um cobertor em cima da cama. 

A família havia se mudado para o local na segunda-feira, e ainda não havia energia elétrica. O corpo foi descoberto depois de a madrasta da vítima não ter conseguido contato com o pai dela.

Este caso reforça a alerta: é preciso chamar a polícia quando houver qualquer sinal de que alguém está sendo agredido. Sua ajuda pode sensibilidade pode salvar uma vida.