Segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem receber o auxílio por incapacidade temporária, o chamado auxílio-doença, sem a perícia presencial. A nova norma publicada nessa quarta-feira, 31, autoriza o INSS a conceder o benefício mediante análise de atestado e outros documentos médicos até o dia 31 de dezembro de 2021.

Para começar a valer, o INSS deve regulamentar a medida nas próximas semanas e definir os detalhes, como o envio das declarações.

Essa decisão deve favorecer, especialmente, os segurados que moram no interior. De forma geral, a medida deve beneficiar a todos, tendo em vista a segunda onda da pandemia de Covid-19 e a lotação dos hospitais.