Município vive surto de covid e está em lockdown desde o fim de semana

Em lockdown desde o fim de semana devido ao avanço do coronavírus, Boqueirão do Leão vive a tensão de não ter mais vagas no único hospital, e por isso transfere pacientes para Progresso, Ilópolis e Lajeado, entre outros. Inicialmente foram abertas quatro vagas na ala covid, hoje são 11 vagas – todas ocupadas. Falta oxigênio para manter a demanda, e nesta segunda-feira faltou oxigênio. No sábado, um paciente morreu por não ter vaga, afirma o prefeito Jocemar Barbon.

Alguns tubos foram emprestados nas últimas horas ao hospital, e a quantidade para cada paciente foi diminuída até que o hospital seja reabastecido. Nova carga de cilindros de oxigênio deve chegar até o fim da tarde desta segunda. Barbon afirma que o vírus foi trazido por moradores que fizeram festa no início de ano, muitos na praia, e lamenta que o ritmo da vacinação não está dando conta. “Fica aqui meu apelo, parem de fazer festa agora. Esperem até o ano que vem”, disse.

Ele afirma que as restrições podem aumentar se a situação continuar desta forma, inclusive com o fechamento do comércio.