O investimento em melhorias nesses terminais chegará a R$ 206 milhões

O governo federal concedeu a administração de 22 aeroportos no país para empresas privadas em leilão dessa quarta-feira, dia 7. Entre les está o de Bagé, Pelotas e Uruguaiana, arrematados pela CCR por R$ 2,1 bilhões. A concessão dos terminais é válida por 30 anos.

A Companhia de Participações em Concessões do Grupo CCR, que administra a BR-386, a BR-101 e a FreeWay.

Os três aeroportos gaúchos

Bagé 

O Aeroporto Comandante Gustavo Kraemer fica na zona rural de Bagé, a 60 quilômetros da fronteira com o Uruguai. A partir de maio, deve ter voos comerciais ligando o município a Porto Alegre. O terminal já opera com aeronaves particulares, táxis aéreos e jatos executivos.

Dimensões da pista: 1,5 mil metros x 30 metros

Terminal de passageiros: 600 metros quadrados

Passageiros embarcados e desembarcados:

  • Em 2019: 1.950
  • Em 2020: 1.774

Pelotas

O Aeroporto João Simões Lopes Neto fica a sete quilômetros do centro de Pelotas. Já recebe voos comerciais regulares da Azul que conectam o município a Porto Alegre

Dimensões da pista: 1,9 mil metros x 42 metros

Terminal de passageiros: 1,1 mil metros quadrados

Passageiros embarcados e desembarcados:

  • Em 2019: 34.760
  • Em 2020: 10.107

Uruguaiana

O Aeroporto Rubem Berta fica a seis quilômetros do centro de Uruguaiana e a oito quilômetros da fronteira com a Argentina. Já recebe voos comerciais regulares da Azul que conectam o município a Porto Alegre

Dimensões da pista: 1,5 mil metros x 30 metros

Terminal de passageiros: 800 metros quadrados

Passageiros embarcados e desembarcados:

  • Em 2019: 20.835
  • Em 2020: 4.671

Fontes: Infraero, Anac e Ministério da Infraestrutura