Equipes do Ceclimar e da prefeitura monitoram o local

Um exemplar das maiores tartarugas do mundo realizou desova nessa terça-feira, 12, na praia gaúcha Arroio do Sal – um fenômeno que não ocorre nessa região há mais de 50 anos. Foi perto das dunas que ficam na orla da área central da cidade. A tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea), pesam, em média, 400 kg e podem medir até 1,78 m de comprimento, de acordo com o projeto Tamar.

O local da desova será isolado e preservado por três meses, até o nascimento dos filhotes. A equipe do Centro de Estudos Costeiros, Limnológicos e Marinhos (Ceclimar) irá monitorar o local.

Funcionários da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Arroio do Sal também atuam no mapeamento e sinalização dos pontos de desova, que ficam 150 metros distantes do mar.