Dois bandidos que participaram do resgate criminoso foram presos

Alvo do resgate que matou um agente penitenciário na madrugada de segunda-feira, 7, em Caxias do Sul, Guilherme Fernando Mendonça Huff, 29 anos, morreu após operação da polícia em Porto Alegre na manhã desta quarta-feira. A Brigada Militar (BM) e a Polícia Civil monitoravam o grupo, e ingressaram na casa na manhã. Outros dois criminosos que estavam com ele foram presos. De acordo com informações preliminares, o homem teria atentado contra a própria vida assim que percebeu a chegada dos policiais.

Quem era Huff

Natural de Porto Alegre, ele foi preso em flagrante em 17 de janeiro, em Pouso Novo. Na data, a Brigada Militar apreendeu um carregamento de 841 quilos de maconha que estava sendo descarregado de uma carreta bitrem no estacionamento de um minimercado na BR-386. Ele e mais quatro homens foram presos e um sexto conseguiu fugir.

Huff respondia a processo por tráfico internacional de drogas. Era integrante de facção com base no Vale do Sinos e atuava no Litoral Norte e no sul de Santa Catarina. Devido à ligação com o Estado vizinho, sua defesa já havia pedido transferência para o Presídio Regional de Araranguá.

LEIA MAIS