Presidente da associação, prefeito de Santa Clara do Sul, Paulo Kohlrausch, participou de uma reunião virtual com o governador

O presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat), Paulo Kohlrausch, participou de uma reunião virtual com o governador Eduardo Leite na manhã desta segunda-feira, 22. O encontro contou com 18 prefeitos de regiões diferentes, para tratar sobre a manutenção do modelo de cogestão, que permite às regiões em bandeira preta, como o Vale do Taquari, a manter as regras da bandeira vermelha, com funcionamento de comércio e serviços.

Em sua manifestação, Kohlrausch disse que o Vale do Taquari defende a rigidez das regras de aglomeração, mas conta com o Estado para que ocorra a fiscalização. “As forças policiais podem ajudar os municípios nesta tarefa”, disse.

O prefeito apelou pela continuidade da cogestão e também pela reabertura de creches e escolas de educação infantil. “O ambiente escolar é até mais seguro, pois cumpre todas as regras de distanciamento e higiene”, destacou o presidente da Amvat.

Por fim, Kohlrausch disse que acredita que a região pode restringir ainda mais o funcionamento de bares e restaurantes, limitando o horário para às 19 ou 20 horas, deixando mais restrito o acesso. Desde a última sexta-feira, 19, o governador determinou que as atividades cessem a partir das 22 horas.

Ao encerrar a reunião, o governador prometeu tratar do tema com o Gabinete de Crise, em reunião que ocorre na tarde desta segunda-feira. Segundo ele, será levado em consideração os pedidos dos prefeitos, no entanto, terá que haver o comprometimento dos municípios nesta tarefa.