fbpx

Congresso dedicado ao cultivo da erva-mate será digital


Por Redação Publicado 08/11/2021

Evento ocorre entre 11 e 14 de novembro e divulga as potencialidades da erva-mate

A cidade de Ilópolis organiza para entre os dias 11 e 14 de novembro o primeiro congresso digital da Erva-mate. Com destaque para o setor ervateiro, o evento apresenta produtos derivados, atrações turísticas e oportunidades de negócio.

Segundo Ariana Maia, coordenadora do evento, o foco é a gastronomia e as diferentes possibilidades de utilização do produto para a alimentação. Chefs como Elena Rizzo, Manu Buffara e Saiko Izawa vão participar. As inscrições gratuitas podem ser feitas pelo site bit.ly/2ZqpU8l.

De acordo com o presidente da Associação de Amigos da Erva-mate, AA Erva-mate, entidade que promove o evento, Clóvis Roman, durante os quatro dias de feira os visitantes on-line vão poder acompanhar congressos, eventos culturais e de turismo, culinária, música e eventos esportivos.

Roman analisa que os assuntos que serão abordados durante o evento, assim como as ações foram pensadas para alavancar a comercialização, o consumo e o conhecimento da erva no país.

“Fica difícil destacar apenas uma coisa, visto que trabalhamos muito para apresentar aspectos muitos legais da Erva-mate nos quatro eixos da feira. Teremos palestras incríveis, chefs renomados fazendo receitas incríveis para quem quiser provar a erva-mate fora da cuia, rodada de negócios, apresentação de novas tecnologias, tendências e debates em torno do setor produtivo.”

Para saber

A cadeia produtiva da erva mate movimenta quase meio bilhão de reais no Estado, de acordo com dados da Federação das Indústrias do Estado do RS (Fiergs) de 2019. A produção no Estado alcança em torno de 280 mil toneladas de folha por ano, em uma área de 31 mil hectares.

De acordo com o Sindicato da Indústria do Mate (Sindimate/RS), há 250 indústrias focadas no segmento, além de cerca de 14 mil propriedades especializadas na produção da folha.

Cadeia produtiva no RS

Área Colhida: 23,2 mil hectares

Produção – folha verde fresca: 232,9 mil toneladas

Receita Agropecuária – valores pagos ao produtor: R$ 156,8 milhões

O Rio Grande do Sul é o maior produtor de erva-mate do Brasil, sendo 42,6% da erva-mate brasileira originada de solo gaúcho

No RS, são 206 municípios produtores, conforme dados da Emater/RS-Ascar

Foto Fernando Dias