Duratex de São Leopoldo e Nestlé de Palmeiras das Missões encerraram atividades. São mais de 800 funcionários demitidos

O mês de julho inicia com notícia negativa para economia do RS. Duas grandes marcas fecharam fábricas nesta manhã e juntas demitiram mais de 800 funcionários.

Uma delas é a Duratex em São Leopoldo, no Vale do Sinos. A unidade produz louças da marca Deca. Funcionários, ao chegarem para trabalhar na manhã desta segunda-feira (1º), não puderam entrar no local e foram encaminhados para assinarem a documentação de rescisão do contrato de trabalho. Nesta fabrica são cerca de 500 funcionários diretos que estão sendo desligados.

A empresa publicou nota oficial sobre o fechamento:
“A Duratex esclarece que o fechamento da unidade industrial de louças na cidade de São Leopoldo é importante para a consolidação industrial e para manter a competitividade no segmento. A escolha desta unidade se deu pela sua reduzida capacidade instalada. O volume de produção será redistribuído entre as outras 4 unidades de louças da Deca – João Pessoa, Cabo de Santo Agostinho, Queimados e Jundiaí -, mantendo o pleno atendimento para todos os nossos clientes.”

Fechamento Nestlé
O fechamento da unidade da Nestlé localizada no município de Palmeira das Missões já havia sido anunciada há alguns dias pelo deputado federal Jerônimo Goergen (PP). O deputado afirmou também que está buscando uma nova empresa para assumir a planta que foi desativada nesta segunda.

A fábrica da Nestlé localizada na BR-468, em Palmeira das Missões, foi inaugurada no dia 25 de setembro de 2008, e recebeu na época um investimento de cerca de R$ 70 milhões para gerar cerca de 950 empregos diretos e indiretos. Foi considerada uma das mais modernas e maiores fábricas do setor lácteo do Brasil.

Redação