fbpx

Ao clicar em "Continuar navegando", você concorda com o uso de Cookies e com a Política de privacidade do site.

  • Agora no Vale 728x90px

Vitamina D3 e seus beneficíos


Por Redação / Agora no Vale Publicado 18/06/2018
 Tempo de leitura estimado: 00:00
  • Agora-No-Vale—Banner-Forquetinha—Aniversário-28-anosDESK

Um dos benefícios está ligado diretamente na síndrome menstrual, cujo estudo mostrou um resultado de 50% menos ansiedade, 40% menos irritabilidade e 35% menos tristeza nos adolescentes

A Vitamina D e seus pró hormônios vem sendo alvo de muitos estudos nos últimos anos. Além de sua eficácia comprovada no metabolismo do cálcio e da formação óssea, já sabemos que sua deficiência está relacionada com doenças auto imunes como por exemplo esclerose múltipla.

A vitamina D foi primeiramente identificada como uma substância essencial que o nosso organismo não pode produzir, e que podemos obter somente a partir dos alimentos.

Porém diferente das vitaminas Essenciais como A, E e C que obtemos a partir da nossa alimentação, a vitamina D pode ser produzida pelo organismo, por meio de uma reação fotossintética ao expor a pele à luz solar.

Podemos encontrar esta Vitamina de duas formas: a Vitamina D2 produzida pela plantas e a vitamina D3 produzida no tecido animal pela ação da luz ultravioleta na pele humana. 

Parte de 80% é sintetizada pela pele e em torno de 20% pela ingestão de alimentos contendo esta vitamina.

Muitos são os benefícios desta vitamina, entre eles, gostaria de citar os benefícios na Sindrome pre mestrual onde foi realizado um estudo com adolescentes com hipovitaminose D severa para avaliar os efeitos dos sintomas com a utilização da suplementação de Vitamina D3.

O estudo mostrou um resultado após 4 meses de 50% menos ansiedade, 40% menos irritabilidade e  35% menos tristeza nos adolescentes analisados.

Além disso, estudos sobre a força muscular de idosos indicam que a vitamina D desempenha um papel importante na melhoria da função neuromuscular aumentando a força dos músculos flexores do quadril em 16,4% e dos extensores do joelho em 24,6%.

Com isso podemos concluir que a Vitamina D3 é de extrema importância para nosso organismo sendo importante a ingestão através dos alimentos, mas mais importante à exposição ao sol nos horários adequados e da forma correta.

Até a próxima semana,
Gabriela Cervi
Farmacêutica da Revitaleve


Envie sua receita e tire suas dúvidas pelo 51 3729 7314 | 51 991 277 416 (WhatsApp).
Receba dicas e promoções por meio das nossas redes sociais: 
facebook.com/RevitaleveFarmaciaEManipulacao e instagram.com/revitaleve.manipulacao