Fabrica de jeans com 25 anos de historia tem mulheres na liderança
De acordo com pesquisa do Global Entrepreneurship Monitor (GEM) realizada com 49 países, hoje temos mais de 24 milhões de brasileiras trabalhando com seus próprios negócios, gerando empregos e movimentando a economia. E segundo o Sebrae, houve um crescimento de 40% no empreendedorismo feminino durante a pandemia, principalmente nas áreas da alimentação, beleza, estética e moda.

Em Bento Gonçalves, encontrei uma fábrica de jeans, criada por uma família, com 25 anos de história, com 17 funcionários, que tem na sua liderança mãe e filha, Alice e Gabriela Santin. E que apesar de todas as dificuldades durante a pandemia mantiveram a empresa, funcionários, fornecedores, clientes e toda estrutura da empresa.

Um exemplo de liderança feminina a ser seguido que carrega todas as características de uma empresa comandada por mulheres: superação, criatividade, adaptação, gerenciamento de crise, tudo com muita dedicação e amor ao que faz.

Se você tiver um exemplo de liderança feminina na moda, vou adorar contar sua história… só me procurar!

Apesar das dificuldades, as mulheres são capazes de obter resultados brilhantes à frente das empresas. Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), negócios que possuem mulheres em postos de liderança têm melhor desempenho, e isso também acontece no Brasil.

É o que diz o relatório “Mulheres na gestão empresarial: argumentos para uma mudança”, feito com base em uma pesquisa que ouviu mais de 13 mil empresas de mais de 70 países. De acordo com o estudo, instituições que passaram a ser lideradas por mulheres obtiveram aumento nos lucros, mais facilidade para atrair e reter talentos, melhora na criatividade e inovação e progresso em relação à reputação das empresas.

por Vera Darde
Jornalista/Criadora de moda
51 92009461/ 51 996495755
Instagram: @veradadarde /@lasalidabrasil
Facebook: Vera Darde/ La Salida
Site: lasalida.com.br